FANDOM


Gari

Gari Anime.png

Gari

Estréia
Mangá Capítulo #515
Anime Naruto Shippūden Episódio #256
Aparece em Anime e Mangá
Dubladores
Japonês Takuji Katō
Informações Pessoais
Estado Falecido
Kekkei Genkai Predefinição:Bakuton
Afiliação Símbolo Iwagakure.svg Iwagakure
Time Corpo de Explosão
Tipo de Natureza

Predefinição:Bakuton

Gari (ガリ, Gari) foi um shinobi famoso de Iwagakure e membro do Corpo de Explosão.

HistóriaEditar

No anime, em algum momento após a morte de Gari, Orochimaru desejou recolher o seu DNA, a fim de reencarnar ele. Kabuto recuperou uma amostra do corpo de Gari, um ato que Orochimaru fez elogios a ele.[1]

PersonalidadeEditar

Gari é um indivíduo equilibrado, dado a sua calma ao ser reencarnado, mesmo explicando a situação para o companheiro reencarnado, Zabuza. Após a reunião com os membros mais jovens das Forças Aliadas Shinobi, ele demonstrou preocupação de que ele tinha um corpo que se regenerava, imaginando que ele poderia aplicar golpes menos comerciais, em vez de uma luta completa.

No anime, Gari é mostrado para ter um grande orgulho em suas habilidades, estando confiante de que o pequeno grupo de Monga não possuía membros fortes o suficiente para derrotá-lo. Ao contrário do mangá, ele mostrou ter gosto pela luta, ficando feliz por ter sido trazido de volta, e não tinha a intenção de se permitir ser selado (uma atitude que Monga declarou que era muito diferente dele enquanto ele estava vivo), bem como lamentando por não ter conseguido a chance de lutar com Pakura, outra usuária de kekkei genkai. Ele também brincou com Pakura quando as Forças Aliadas Shinobi começaram a ter uma vantagem sobre ela. Seu comportamento foi explicado, em parte, porque alguns sentimentos não resolvidos que ele teve algum tempo antes de sua morte.[2]

AparênciaEditar

Bakuton no Gari.png

Gari durante a sua vida.

Ele tem o cabelo espetado, castanho-claro e mandíbulas e linhas destacadas. Devido à reencarnação do mundo impuro, seus olhos verdes possuem uma esclera preta e íris branca quando Kabuto apaga sua personalidade. Ele veste a jaqueta ea camisa padrão simples de Iwagakure de manga por baixo, deixando a maior parte de seu braço direito exposto, exceto pela presença de seu protetor de testa, em volta da parte superior do braço. Ele também possui a lapela tradicional pendurada no lado direito de sua calça.

HabilidadesEditar

Ele era um shinobi bem notado e um membro do Corpo de Explosão durante a sua vida, que serviu como o motivo de sua eventual reencarnação por Kabuto Yakushi. Ele também tem demonstrado um grande conhecimento, sendo capaz de reconhecer uma técnica rara e proibida.[3]

TaijutsuEditar

Gari é especializado em taijutsu ofensivo, que ele usa em conjunto com sua kekkei genkai destrutiva. Com esta combinação, ele foi capaz de dominar a maioria dos inimigos, incluindo um prodígio em taijutsu como Rock Lee, forçando seus adversários a se esquivar e fugir dos golpes ao invés de bloqueá-los, tornando o combate mano-a-mano a escolha quase impossível.

Como mostrado no anime, Gari possui grande velocidade visto quando ele foi capaz de deslocar-se para duas patrulhas shinobi sem sequer ser percebido e também é fisicamente forte, capaz de levantar um homem adulto com apenas uma mão.[4]

Transformação da NaturezaEditar

Palma Explosiva.png

Gari usando sua Kekkei Genkai a Liberação de Explosão.

Gari é capaz de usar a Liberação de Explosão, uma kekkei genkai que lhe permite combinar duas naturezas de chakra desconhecidas para utilizar chakra explosivo, como pode ser visto quando ele usou a Liberação de Explosão: Punho de Minas Terrestres para obliterar um shinobi das Forças Aliadas simplesmente socando-o. No anime, ele poderia desviar uma kunai de volta usando explosões nas palmas das mãos, jogando-os para trás com tanta força que matou os atiradores em um tiro, e até mesmo usou a mesma técnica para reduzir o comprimento de um pano de ligação que Maki utilizou para limitar Pakura.[2]

Parte IIEditar

Arco Guerra Mundial ShinobiEditar

Ataque dos Edo Tensei.png

Gari e os outro shinobi reencarnados começam o seu ataque.

Em preparação para a Quarta Guerra Mundial Shinobi, Gari é reencarnado por Kabuto Yakushi para lutar contra as Forças Aliadas Shinobi, antes de ser mobilizado ao lado de Zabuza Momochi, Haku, Pakura e Toroi. Ao ouvir Haku e Zabuza falando sobre seu atual estado, ele os informa dos detalhes sobre a técnica proibida usada para reencarna-los.


Bakuton Jiraiken 1.png

Gari explode Tajiki.

Emboscado pela Divisão de Ataque Surpresa, o braço de Gari é destruído devido às etiquetas explosivas transportadas por aves de tinta de Sai, mas ele se regenera rapidamente. Afirmando que seus corpos eram indestrutíveis e, por isso, eles podiam trocar golpes sem riscos, Gari ataca os inimigos derrubados recentemente no chão por Haku, porém é impedido por Might Guy da Terceira Divisão. Sentindo-se febril enquanto Kabuto apaga sua consciência, Gari começa sua luta sem hesitar. Confrontando Tajiki, ele rapidamente o mata usando a Liberação de Explosão: Punho de Mina Terrestre. Ele e Pakura são utilizados como meios para invocar a geração anterior dos Sete Espadachins Ninja da Névoa para esmagar o inimigo. Ao fazerem isso, ambos recuam a uma distância segura para esperarem ordens futuras, enquanto os espadachins começam seu massacre camuflados. No anime, Guy encarregou Rock Lee em perseguir Pakura, enquanto ele ia atrás de Gari.
LeeVSGari.png

Gari lutando com Lee.

Ao amanhecer do dia seguinte da guerra, Gari reapareceu com os outros reencarnados shinobi e eles continuam seu ataque, eventualmente, levando a luta para floresta. Enquanto a divisão se preparava para selar Jinin Akebino, Gari chegou como apoio no ponto em que ele é confrontado por Lee. Os resultados de sua pequena luta fez com que Jinin fosse libertado da Técnica de Costura das Sombras de Ensui Nara quando este é ferido pela explosão causada por Gari. Mais tarde, Jinin foi selado e Gari recuou.[4] Gari depois surpreendeu um shinobi de Kumo ao atacar grupos dispersos dos shinobi da Terceira Divisão, matando-o. Gari e Monga discutem, e apesar de estar confiante de que ele poderia matar Monga, Monga o derrotou com uma combinação de paredes de terra e etiquetas explosivas. No entanto, antes que Gari pudesse ser selado por Maki, Pakura atacou, matando Monga. Quando Pakura estava prestes a ser selada, Gari, agora regenerado, interveio, e anunciou sua intenção de matar Maki. Quando shinobi das outras aldeias se preparam para proteger Maki, Pakura deixou Gari retido, permitindo-lhes escapar. Gari lamentou que nunca conseguiu lutar contra ela, e ambos tiveram suas personalidades apagadas de uma vez.[2]
Gari selado.png

Gari é selado pela técnica de selamento de Sai.

Porém, no momento em que Kakashi Hatake e Guy partiram para a localização de Naruto Uzumaki no dia seguinte, Gari havia sido selado pela Terceira Divisão.[5], No entanto, no anime, ele, Pakura e Mangetsu foram capazes de recuar antes de serem selados após a luta temporária com a Terceira Divisão, durante o qual ele tentou impedir Sai de usar a Técnica de Selamento: Bala do Tigre de Olhos Abertos, mas foi impedido por Rock Lee. Gari, mais tarde, foi selado por Sai antes de Kakashi e Guy partirem.[6]

Mais tarde, com a liberação do Edo Tensei, uma luz apareceu em torno do corpo selado de Gari como a técnica foi dissipada e sua alma retornou para a vida após a morte.

CuriosidadesEditar





ReferênciasEditar

  1. Naruto: Shippūden episódio 316
  2. 2,0 2,1 2,2 Naruto: Shippūden episódio 285
  3. Naruto capítulo 516, página 3
  4. 4,0 4,1 Naruto: Shippūden episódio 284
  5. Naruto capítulo 566, página 5
  6. Naruto: Shippūden episódio 325

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória